Menu CPAD

WhatsApp: o seu uso como um aliado ou como um vilão?

zap

Desde a chegada dos smartphones, a rotina de trabalho deixou de ser a mesma. As informações chegam com mais rapidez, o fluxo de informações recebidas é enorme, as respostas são quase que imediatas. Enfim, acelerou muito a rotina, antes limitada ao ambiente analógico. E as redes sociais? Sim, elas vieram para mudar completamente o modo como nos relacionamos no ambiente digital e analógico. A rede social do momento é o WhatsApp, onde é possível criar grupos para compartilhar, em tempo real, informações, fotos, vídeos, localização, conversas, etc… Muitos me perguntam se podemos utilizar esse aplicativo como ferramenta de trabalho. Minha resposta: Sim! Desde que siga algumas premissas que julgo pertinentes para o bom aproveitamento. Então, vamos lá!

Imagine você, gestor de uma equipe de vendas, em que os vendedores devem reportar a você todas as informações referentes às vendas e ao mercado. Certifique-se de que todos que estão na sua equipe tenham esse aplicativo instalado no celular. (Importante: se o celular for da empresa, tudo bem. Agora se o celular for do funcionário, evite impor que o mesmo baixe o aplicativo, pois ele não é obrigado. Isso pode evitar audiências trabalhistas no futuro);

Marque uma reunião com todos os integrantes da equipe e informe os benefícios da ferramenta. Ex; rapidez na informação, envio de uma demanda, envio de uma localização, foto da concorrência, etc… Nesta reunião, deixe bem claro quais assuntos podem ser enviados e quais assuntos NÃO podem ser enviados no grupo. Isso evita que conversas paralelas e que assuntos desnecessários tirem o foco do grupo;

- Crie um grupo com os integrantes da equipe (Ex: Equipe GV)

- Evite cobrar demanda em horários inoportunos, principalmente após o expediente e aos finais de semana. É muito importante respeitar a vida social dos integrantes do grupo. Caso haja necessidade de uma demanda urgente, primeiramente peça desculpas pelo envio no horário, mas informe que a demanda é urgente. Obs: Não deixe que as urgências virem rotina.

- Não dê feedback ou chame a atenção via WhatsApp, principalmente no grupo onde todos possa ler. A boa conversa olho no olho ainda é a mais eficaz.

- Não fique refém apenas do WhatsApp, ou seja, cobrar retorno, marcar reunião, solicitar resposta imediata, cobrar uma demanda… Lembre-se: caso não haja uma conexão boa, o aplicativo não funcionará e é possível que o membro da equipe leia apenas horas depois. Por isso, se o assunto for urgente, use os métodos tradicionais: ligue e mande e-mail para confirmar.

- O gestor pode também utilizar o WhatsApp como uma ferramenta motivacional, enviando uma mensagem todos os dias, no primeiro horário, desejando um dia produtivo e deixar claro as metas do dia. Ao final do dia, agradecer pelo dia e empenho e, o resultado da equipe.
Obs.: jamais exponha algum membro no grupo. Ex; Vendedor X não atingiu a meta e não colaborou com o atingimento da meta da equipe.

Essas dicas são fundamentais para aproveitar ao máximo esta rede social como ferramenta de trabalho. Porém, jamais devemos esquecer dos métodos tradicionais e oficiais de comunicação.

Fonte: Site Venda mais

Sobre

cpad-logo

Com o intuito de tornar o diálogo cada vez mais próximo com você Livreiro, Colportor e Igreja,criamos um espaço exclusivo de relacionamento com nossos parceiros: o site CPAD ATACADO.A partir de agora, de qualquer parte do mundo, você atacadista e revendedor pode obter informações precisas, esclarecer suas dúvidas,fazer seus pedidos, aproveitar promoções exclusivas e ficar por dentro das novidades que envolvem o Setor Comercial da CPAD.

Facebook

Atendimento

 Telemarketing 
      (de 2ª a 6ª das 8h às 18h)
 0800-021-7373 (ligação gratuita)
  Igrejas / Cotas e Assinaturas (opção 2)
 Colportores e Lojistas (opção 3)
 Pastores e demais clientes (opção 4)
 SAC (opção 5)

Rádio CPAD

Clique abaixo para acessar a rádio CPAD.